A Incrível Maneira Pela Qual Os Super-Heróis Mudaram o Mundo Pop

1260 Visualizações 3 Comentário

A Cultura Pop não Foi a Mesma Desde a Chegada dos Super-Heróis as Telas dos Cinemas

Não é segredo algum que o último grande “boom” da cultura cinematográfica mundial foi por conta dos atuais filmes de super-heróis baseados nas clássicas histórias em quadrinhos.

Muito se fala também a respeito de quão nocivos foram estes filmes para esta mesma cultura, vista com maus olhos por diversos estúdios, diretores e muitos fãs, digamos mais “intelectuais” ou até mesmo “cults”, por assim dizer.

Obviamente, super-heróis, sejam no cinema ou na literatura nunca serão bem vistos por olhos mais críticos.

Mas infelizmente é assim, super-heróis não alcançaram seus atual status com histórias muito sofisticadas, basta ler quadrinhos da década de 50, 60 e 70. As mensagens embutidas em suas páginas eram bem diretas, feitas para quem não queria ter um compromisso com algo mais sofisticado.

Era de Ouro dos Quadrinhos

Era entretenimento, era diversão, era o que quebrava a rotina daquele cidadão que por dias mantinha-se obrigado a focar sua mente na realidade, na dura realidade de trabalho, contas, responsabilidades e etc.

A fantasia das histórias em quadrinhos era a válvula de escape para muitos que sequer dispunham de tempo para ler um gigantesco livro de fantasia.

E como todas as coisas, esse aspecto da cultura pop mundial também evoluiu. E foi obrigado a oferecer um conteúdo cada mais complexo.

Nos dias atuais, não há um momento sequer que esta cultura um dia tão marginalizada, não seja citada nos principais meios de comunicação.

E pensar que a grande revolução nos cinemas originou-se ali no final dos anos 90 com o lançamento do filme dos X-Men. Na época, era apenas mais um filme e ninguém imaginava que diferente de qualquer outro gênero, estes filmes transcenderiam as telas dos cinemas, tornando-se verdadeiros movimentos culturais.

Para quem se lembra, durante as décadas passadas, comumente um filme era anunciado por conta de um trailer, logo em seguida a exibição nos cinemas e fim. As vidas das pessoas não mudavam por quem deixava ou não de ser protagonista, nem sequer sabíamos quem eram os dubladores.

E hoje, o que estes filmes de super-heróis como Homem de Ferro, Thor, Capitão América, Vingadores, Homem de Aço, Batman vs Superman e outros fizeram, foram determinar um forte e poderoso estilo de vida.

Batman vs Superman

Um filme não é mais apenas um trailer e um cinema. Hoje é um período da vida das pessoas que começa com o anúncio do título, logo em seguida a apresentação do elenco, da sinopse, do trailer 1, trailer 2, trailer 3 e etc. Tudo isto em um período de 3, 4 anos.

Não somente o filme, mas a sua produção passou a fazer parte do show, tornando-se parte da vida dos fãs que durante todo este período estão atentos em relação a cada novidade.

Um conteúdo constantemente mastigado pela mídia através de imagens de bastidores, participações dos astros em grandiosos eventos como as famosas Comic-Con e fãs se vestindo como os personagens.

E com isso, uma cobrança maior de qualidade, por vezes impossível de ser apresentada por completo em filmes de tão pouca duração (e veja que por conta disso a duração dos filmes aumentou bastante, entre 2 a 3 horas). As grandes empresas passaram a criar complementos disponibilizados em séries de TV, games, livros e histórias em quadrinhos, de forma conseguir transmitir o melhor e mais completo conteúdo, vide o que fizeram com Star Wars.

O Universo Cinematográfico Marvel /Disney que o diga, conectando uma série de mídias, gerando cada vez mais possibilidades de entretenimento e lucro com o poderoso ativismo dos fãs.

Comic-Con

Não é atoa que outros estúdios como DC Comics / Warner Bros., Paramount, Sony, Universal e FOX estão caminhando para o mesmo destino.

E esta concorrência entre estúdios faz com que isso cresça cada vez mais, levando o fã deste tipo de filmes a se tornar cada vez mais exigente, por que ele não é mais apenas um telespectador, mas um estudioso da área, capaz de perceber a mínima falha no traje ou na personalidade de determinado personagem.

E isso traz repercussões positivas para ambos os nichos da arte, pois este fã que passou a frequentar os cinemas, a ler os livros e quadrinhos, acompanhar séries de tv, games e sites de notícias passa a se tornar mais receptivo quanto a obras de outros universos como drama, suspense e documentários. Um gatilho para que o indivíduo saia do marasmo de sua vida e conheça a grande quantidade de possibilidades que o mundo do entretenimento pode oferecer.

Nunca foi tão emocionante assistir a estreia de um filme, onde as pessoas que estão ali encaram tudo como um grande espetáculo.

Escritores, diretores, atores e dubladores passaram a ser aclamados não somente durante determinado filme, mas durante décadas de suas vidas.

Comic-Con - Marvel

Independentemente do que digam a respeito deste gênero de filmes, nenhum outro foi capaz de agregar tamanha atenção e devoção por parte do público. E isso deve ser louvado e respeitado.

Vamos aproveitar enquanto este período pode nos proporcionar tamanha quantidade de entretenimento, por que em nossa agenda, compromisso é o que não falta nestes próximos cinco anos de nossa existência.

Sobre o Autor

Sandro Pessoa

Metalhead, guitarrista, colecionador de livros e hq's, fundador do site MonsterBrain e Lorde Sith nas horas vagas.

  • amaurisjunior

    Sinceramente, sem os super-heróis não teríamos muitos filmes excelentes. Alguns super-heróis mesmo foram baseados em personagens que os “cults” admiram, tipo o Batman que é baseado em certa parte no Sherlock Holmes, enfim, boa parte dos blockbusters dos ultimos anos, são de super-heróis, Obrigado Marvel, Obrigado Batman Dark Knight

    • A gama de possibilidades que estes filmes de super-heróis vem trazendo é gigantesca. Nenhuma outra obra atingiu cinema, tv, literatura, games com tamanha repercussão. É realmente satisfatório viver durante esta época!

  • Pingback: A Trágica Necessidade dos Haters no Desenvolvimento da Cultura Pop()