Os Sete | Crítica

682 Visualizações Deixe um comentário

Vampirismo e fantasia na obra do escritor André Vianco

Disponibilizado pela Editora Aleph em 2016, Os Sete é um romance (ou seria um misto de romance e ficção) escrito por André Vianco, tendo sido publicado de maneira independente no ano de 2000. Trata-se do primeiro romance escrito pelo autor, que tem suas influências drenadas de filmes de terror, e, principalmente do tão famosa Drácula.

O livro, nos conta no decorrer de suas páginas (aproximadamente 415 páginas) uma aventura-drama-ficção-romance vivenciado por Tiago, Eliana seus amigos, uma universidade fictícia, o Exército brasileiro e nossos inestimáveis vilões, os sete vampiros portugueses que foram aprisionados em uma imenso caixão de prata e naufragados no litoral do Rio Grande do Sul por volta do ano 1500 e descobertos em 1999.

No decorrer da história descobrimos que além do fato de nossos “amigos” serem vampiros, com tudo que tem direito e um pouco mais, nos revelam que cada qual ainda possui um poder à la alunos do professor Xavier, podendo criar tempestades (Tempestade), congelar ambientes e qualquer outra coisa (Iceman), mudar de aparência (Mística) e outros.

Confira também:

A obra de André Vianco, tem um enredo bastante vívido, brilhante e com uma narrativa que prende o leitor a cada uma das páginas, inserindo de maneira magistral o leitor na história. No decorrer da narrativa é possível sentir o drama dos personagens humanos, além de arrancar algumas boas risadas dos leitores pela confusão e trapalhadas dos vampiros ao se depararem com as tecnologias nos quais somos tão versados.

Como já mencionei é um livro que irá prender a atenção dos leitores, arrancar suspiros de tensão, algumas risada e fazer com que o leitor se sinta um personagem da história.

Os Sete - André Vianco

Sobre o Autor

Rhaydrick Sandokhan

Apaixonado por tudo que popula a cultura PoP, GeekNerd,DataGeek... A propósito: "I'm Batman!"