Star Wars: Battlefront – Companhia do Crepúsculo

15 Visualizações Deixe um comentário

Battlefront traz o ponto de vista militar da Aliança Rebelde em Star Wars

Star Wars: Battlefront – Companhia do Crepúsculo é um livro escrito por Alexander Freed, publicado no Brasil em 2017 pela Editora Aleph. A obra faz parte do cânone oficial de Star Wars, contando os momentos ocorridos durante o Episódio V, O Império Contra-Ataca, sob o ponto de vista da 61° Infantaria Móvel da Aliança Rebelde, conhecida como Companhia do Crepúsculo.

Star Wars - Battlefront - Companhia do Crepúsculo

O livro é protagonizada por Namir, um dos mais importantes e eficientes integrantes da Companhia, durante missões que visavam enfraquecer bases imperiais. Junto de seus colegas, a história de Namir vai se enriquecendo cada vez mais, principalmente com relação ao seu passado, contado pouco a pouco durante os eventos de Battlefront.

Logo no início, em uma destas missões a Companhia do Crepúsculo captura uma oficial do Império, chamada Chalis. Sua relação conflituosa com Namir serve como pretexto para uma série eventos, que levarão os personagens de encontro a Princesa Leia e os principais líderes da Aliança no planeta Hoth, pouco antes da chegada de Darth Vader e a Legião 501.

Toda a Batalha de Hoth é contada pelo ponto de vista de Namir e Chalis, inclusive cenas clássicas protagonizadas por Luke Skywalker durante a fuga do planeta.

As consequências desta batalha levará a Companhia do Crepúsculo a enfrentar uma série de diversidades pela galaxia, na tentativa de reencontrar um papel na luta contra o Império.

Battlefront traz uma história bastante militarizada de Star Wars nos moldes de livros como Tarkin, onde detalhes importantes de como era o cotidiano dos oficiais imperiais são apresentados. E mais ainda, como era grandioso o grupo militar da Aliança Rebelde e como eles se relacionavam, dado o fato que muitas destas companhias sofriam de grande precariedade por conta da falta de recursos financeiros.

Alexander Freed consegue representar muito bem as emoções de cada personagem, desde aqueles que tornavam-se oficiais do Império apenas para conseguir dinheiro, como aqueles que aliavam-se aos rebeldes na tentativa de obter vingança.

Trata-se de um livro bem emocionante, cheio de reviravoltas que arremete um dos períodos mais importantes e memoráveis de Star Wars. Uma das melhores representações de como realmente eram os bastidores da Aliança Rebelde.

Sobre o Autor

Sandro Pessoa

Metalhead, guitarrista, colecionador de livros e hq's, fundador do site MonsterBrain e Lorde Sith nas horas vagas.