Star Wars: Thrawn | Crítica

9 Visualizações Deixe um comentário

As origens do Grão-Almirante Thrawn

Star Wars: Thrawn

Thrawn é um livro correspondente às histórias de Star Wars, escrito por Timothy Zahn, como parte do cânone oficial da franquia. A obra foi publicada no Brasil em 2017 pela Editora Aleph.

Contando a história de Mitth’raw’nuruodo, mais conhecido como o Grão-Almirante Thrawn, o livro introduz ao universo canônico de Star Wars um dos personagens mais emblemáticos do universo expandido (Legends), apresentado pela primeira vez no livro Herdeiro do Império, volume 1 da Trilogia Thrawn, também escrito por Zahn.

O grande sucesso deste personagem fez com que a Disney/LucasFilm o resgatassem, contando sua história de origem no livro homônimo e também com participações na série animada Star Wars Rebels, durante o período do Império Galáctico, antes da Batalha de Yavin (Episódio IV).

Neste livro é apresentado ao leitor o momento da chegada de Thrawn ao Império, visto pelo Imperador Palpatine como uma ferramenta nas investidas do Império em regiões desconhecidas da Orla Exterior da galáxia, local onde se encontra o planeta dos seres Chiss, raça da qual Thrawn faz parte.

Ao lado de seu intérprete, o oficial Eli Vanto, que mais tarde viria a se tornar o melhor amigo do protagonista, podemos conferir toda a evolução de Thrawn, desde sua incorporação na academia Militar até sua chegada a um dos mais importantes cargos da Marinha Imperial, a de Grão-Almirante.

Seguindo o padrão de livros militares de Star Wars, a obra nos apresenta diversos aspectos já apresentados em outros títulos, como a dura competição entre oficiais, estratégia, preconceitos, traições e alianças políticas.

No entanto, apesar da grande capacidade de raciocínio lógico e intelectual de Thrawn, a história de sua evolução soa um pouco fácil e ao mesmo tempo forçada, já que o mesmo era de certo modo abraçado por Palpatine.

Os diálogos com seu braço direito Eli Vanto, são ótimos nos levando a raciocinar junto com os dois personagens.

Outro drama presente na obra é da personagem Arihnda Pryce, apresentada inicialmente como uma assistente de senador cujo o desfecho tem grande importância na história política de Thrawn.

Star Wars: Thrawn

Este livro, assim como as demais obras de Star Wars aborda a introdução de personagens que representam minorias, muitas vezes vítimas de preconceitos por sua raça, classe social e etc. Outro fator importante é sobre a desconstrução da imagem negativa do Império Galáctico, onde os integrantes deste realmente acreditavam estar do lado correto e o principal: o livro nos mostra o drama do próprio Império no amparo daquilo que porventura traria a paz a galáxia.

Thrawn pode parecer um pouco maçante e monótono para os leitores que esperam muitas explosões, batalhas e combates, mas complementa bastante a visão que temos do ambiente presente na Marinha Imperial.

Com certeza, Thrawn é um grande capítulo nas historias de Star Wars cujos os fãs realmente precisam conhecer!

Sobre o Autor

Sandro Pessoa

Metalhead, guitarrista, colecionador de livros e hq's, fundador do site MonsterBrain e Lorde Sith nas horas vagas.